O que é Inversor Solar ?

O Inversor solar tem como principal função converter corrente contínua (CC) em corrente alternada (CA). Isto é, a energia provinda do sol que penetra nos painéis solares gera energia em corrente elétrica contínua (CC). Então para possibilitar o aproveitamento da energia gerada pelos painéis fotovoltáicos é fundamental o emprego do inversor solar. Outra função do inversor é assegurar a proteção do sistema elétrico e também realizar a medição da energia gerada pelas placas solares.

Inversor solar é um equipamento desenvolvido para converter a energia gerada pelos painéis solares em corrente contínua (CC) para corrente alternada (CA). Ou seja, o inversor solar é fundamental para que você possa usar a energia fotovoltaica para alimentar os utensílios elétricos que você usa no dia-a-dia.

Além de inverter a energia elétrica gerada pelos painéis, o inversor solar possui também o papel secundário de garantir a segurança do sistema e medir a energia produzida pelos painéis solares.

O que é inversor solar?

Um inversor solar é um equipamento eletrônico que converte a corrente elétrica contínua (CC) em alternada (sinal elétrico CA) no sistema fotovoltaico. É praticamente um adaptador de energia para o sistema fotovoltaico.

O inversor solar também garante a segurança de todo o sistema, realiza monitoramento, e é responsável pela otimização de energia produzida.

O inversor pode possuir ou não um transformador em seu interior. Alguns modelos não possuem para otimizar a energia produzida, uma vez que os transformadores geram calor e perdas elétricas. Em outras palavras: quanto menor energia térmica produzida, menor será a perda de energia elétrica – logo, o aparelho se torna mais eficiente.

Como funciona?

O aparelho tem o formato de uma caixa metálica com alguns botões, mas tem muitos componentes em seu interior. O processo de inversão energética consiste em prover, logo na saída do inversor, uma tensão ou corrente alternada. Para isso utiliza-se uma corrente ou tensão contínua na entrada para alimentar o sistema. Por exemplo, uma tensão de 12v alimentado por bateria de um carro e fornece a um terminal de 220v/60Hz.

No meio do processo, o aparelho conta com interruptores ou chaves eletrônicas, que podem ser transistores do tipo IGBT (Transistor Bipolar de Porta Isolada), IGCT (Portão Integrado Controlado) ou MOSFET (Transistor de efeito de Campo Metal — óxido — semicondutor).

Trata-se de um instrumento muito importante e em muitos casos seu dimensionamento é negligenciado.

Como eu sei se um inversor solar é confiável?

Os inversores solares são bastante confiáveis de modo geral. Contudo, existem muitas dúvidas sobre seu uso correto. Para você adquirir um material eficiente e seguro, é importante ficar de olho em algumas características.

Eficiência do aparelho

Para inverter a corrente contínua em alternada, o inversor deve ter um alto grau de eficiência para economia de energia para sua casa e/ou empreendimento. O mínimo aceitável deve ser de 94%.

Padrão de proteção do inversor

O inversor é considerado seguro se obedecer às recomendações NBR IEC 60529. Nela são estabelecidos os graus de proteção para revestimentos de equipamentos elétricos, conhecidos como códigos IP.

A instalação do padrão depende muito do local de instalação. O mínimo recomendável é o IP 55.

Onde são instalados?

Podem ser fixados em locais diferentes, de acordo com as finalidades dos aparelhos. Em uma residência, eles podem ser colocados perto do quadro de luz, próximo aos módulos fotovoltaicos, ou em outro local indicado.

Em mini distribuidoras comerciais e industriais, pode ser construída uma sala somente para abrigar o aparelho. Em geral o espaço para prover a energia gerada é muito grande, logo o aparelho também vai ocupar muito espaço, devido ao seu tamanho.

Contudo, o local de instalação depende também das necessidades do cliente, como por exemplo ser fixado em local visível para pode acompanhar a produção de energia, ou em local mais distante devido ao ruído emitido pelo inversor ou devido a gases ou materiais inflamáveis no local.

Quais são os tipos de inversores que existem?

Há diferentes tipos de inversores, com objetivos diversos:

Grid Tie

Grid tie significa “conectado à rede”. Diferentemente do off grid, ele é utilizado para ligar sistemas fotovoltaicos sem baterias nas redes residenciais ou industriais. A vantagem é que eles são projetados para desligar rapidamente da rede elétrica, caso haja queda de energia.

Esse desligamento é um procedimento de segurança para com a rede elétrica, chamada de ilhamento. O inversor grid tie copia a frequência da rede e para de funcionar para evitar curtos ou problemas de segurança quando não há fornecimento de energia da rede.

Do mesmo modo, os inversores possuem um sistema de monitoramento que faz o registro de dados integrados no inversor, conectando a uma rede wi-fi.

Este tipo de inversor solar também faz a sincronização com a rede pública de eletricidade, de modo que a energia solar fornecida é exatamente igual àquela que é recebida pela rede elétrica.

Inversor off grid

Off grid, em português, significa “desconectado ou fora da rede”. São sistemas independentes que não necessitam da rede pública de distribuição de energia. São viáveis em áreas isoladas ou espaços rurais, principalmente em lugares aonde a eletricidade não chega.

São também usados para abastecerem sistemas de telefonia e de rádio, estações meteorológicas, entre outros sistemas remotos.

Micro inversor

É projetado para operar na saída de cada painel solar, estabilizando a energia elétrica e gerando a tensão alternada logo na sua saída. A vantagem desse tipo de inversor é a otimização individual da produção de energia de cada módulo e redução de perdas em comparação com os inversores centrais. Os microinversores isolam as placas defeituosas ou aquelas que estejam sob o efeito de sombreamento das demais placas da string (linha de placas).

RESUMO:

O Inversor solar tem como principal função converter corrente contínua (CC) em corrente alternada (CA). A radiação solar que incide nos painéis solares gera energia em corrente elétrica contínua (CC). Então, para possibilitar o aproveitamento da energia gerada pelos painéis fotovoltáicos é fundamental o emprego do inversor solar. Outra função do inversor é assegurar a proteção do sistema fotovoltaico e também realizar a medição da energia gerada pelas placas solares.

Deixe um comentário