Energia Solar para as crianças carentes de Florianópolis!

Com recursos do programa da Fundação Dom Orione de Roma, o Centro Educacional Dom Orione de Florianópolis recebe sistema de geração de energia solar fotovoltaico para atender a toda sua demanda de energia elétrica!

O Centro Educational Dom Orione é um instituto, sem fins lucrativos, que tem como missão o atendimento a crianças carentes, da desigualdade e da exclusão social, residentes no bairro de Capoeiras, Abraão, Itaguaçú, Monte Cristo e comunidades de Chico Mendes, Morro do Flamengo, Vila São João e adjacências. A OASDO – Obras de Assistência Social Dom Orione visa amenizar as carências sociais e auxiliá-las na garantia da promoção humana e da cidadania.

Os recursos foram conquistados mediante criteriosa avaliação realizada pela Conferência Nacional dos Bispos e posteriormente pela Conferência Mundial dos Bispos, revela a coordenadora do Centro Educacional. “Nós pleiteamos recursos para instalação de ar-condicionado em todas as salas, um centro de informática e o sistema solar fotovoltaico, pois nosso gasto com energia elétrica já era muito grande e iria aumentar com a instalação dos ar-condicionados”. A Fundação Dom Orione de Roma escolhe anualmente um país para subsidiar atividades com foco humanitário e na sustentabilidade. O Brasil foi o país do ano de 2015 e foram eleitos 7 projetos ao todo.

Com a instalação do Kit de Energia Solar Fotovoltaico, a Dom Orione não precisará mais gastar os R$ 980 mensais de energia elétrica com a CELESC. Recursos estes que, de agora em diante, serão aproveitados com as crianças carentes da região.

O sistema fotovoltaico da Dom Orione é composto por 40 placas solares e um inversor de tensão do tipo grid-tie (conectado à rede). Este inversor de última tecnologia protege o sistema de possíveis sobrecargas na rede, bem como desliga o sistema automaticamente quando ocorre desligamento da rede elétrica da distribuidora de energia ou quando detecta um curto-circuito. O kit fotovoltaico foi instalado pela empresa Energy Shop de Florianópolis. “Agora falta apenas a vistoria da CELESC para colocarmos o sistema em operação. ” relata Rodrigo Nereu dos Santos, diretor da empresa catarinense.

É necessária a aprovação da concessionária de energia para que a microgeração solar comece a injetar energia na rede. O projeto elaborado pela Energy Shop foi aprovado pela CELESC, e, com isto, a empresa instalou o sistema fotovoltaico, mas para colocar o sistema em operação é necessária a vistoria final dos técnicos da CELESC, que irão substituir o medidor de energia existente por modelo bidirecional. Trata-se do primeiro sistema de energia solar fotovoltaica de uma filial da Dom Orione no Brasil. As crianças agradecem !

Deixe um comentário